domingo, fevereiro 12, 2006

Fátima - são vinte milhões de euros anuais, de esmolas, que o Vaticano quer controlar!!!

O Expresso anunciava ontem que o Vaticano pretende administrar directamente as esmolas do Santuário de Fátima. São nada menos do que vinte milhões de euros anuais!!!
Acredito que sim, são os tradicionais votos de pobreza da Igreja!
PS- Afinal dizem que é por causa do rigor teológico! Os puristas não querem lá o Dalai Lama, nem membros de mais nenhuma outra "tribo"! Acho bem, Fátima (Pai, eu já te perdoei, por me teres posto este nome, mas francamente...), a Irmã Lúcia e os três pastorinhos, são dos católicos e pronto(S)!

6 Comments:

Blogger Rui Coutinho said...

Pois é. E depopis dizem que são os espanhóis que querem controlar tudo.
Pelo menos passaremos a ter santo dinheiro, ou será dinheiro santo?

2:31 da tarde  
Blogger João Pacheco de Melo said...

Fátima...

sabes onde estive ontem a partir do fim da tarde?

Na casa do "Gadelha". Começaram os preparativos. Podes vir mais cedo para ajudar também!

Bjocas.


Rui...

santo, seria o dinheiro do EUROMILHÕES quando o feliz contemplado for eu!

1abraço

2:47 da tarde  
Blogger Vítor Leal Barros said...

lol

3:20 da tarde  
Anonymous Cardeal Patriarca said...

Ora bem,disto sei eu !

Os dinheiros de Fátima eram há muito controlados pelo Vaticano.

A questão actualmente é política. Isto é queremos controlar politicamente Fátima que poderá ter de forma mantida um representante do Vaticano. Aproveitamos a substituição do Bispo de Leiria e Fátima, e deve vir o actual Bispo de Viseu e inicia-se o controlo total.

Isto porque nunca gostámos do laxismo de João Paulo II que quase transformou Fátima num Santuário ecomémico onde orou o Dalai Lama e outros dignitários de outras religiões.

E isso agora não vai mais acontecer !

P.S. - E se no dia das Amigas oferecesse um cafezito, oh menos, já teria sabido tudo,sem ter de ler o Espesso.

8:25 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

O que vai acontecer em Fátima é a "modernização"!
Isto é:
Quando a Conferencia Episcopal diz que Fátima não é uma multinacional é porque vai passar a ser...
Na verdade não faz sentido que seja um só accionista (o bispo de Leiria-Fátima) a gerir tantos milhões de €.
De momento, cria-se um "conselho de
administração" que associa os arcebispos portugueses.
No futuro, aguarda-se que Fátima seja cotada na Bolsa.

E assim prossegue o negócio...e consolida-se a empresa.
JD

9:48 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Adenda:
Quando digo "modernização" queria dizer "aggiornamento" que é termo
que a Igreja gosta. Mas quer dizer o mesmo...
JD

9:52 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home